Sites Grátis no Comunidades.net
Cine costa azul 3d twitter*

O Festival

Bem-vindo a mais uma edição do maior festival de arte e cultura de Pernambuco De 16 a 25 de julho, a música, o cinema, as artes cênicas, a cultura popular e todas as outras formas de expressão artística brasileira vão se encontrar na 25ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns

Tradicional destino turístico-cultural deste mês de julho, a cidade a 230 km do Recife vai acolher, com seu charme e as baixas temperaturas do período, cerca de 500 mil pessoas durante os 10 dias de programação

Grupos e artistas consagrados, estreantes, patrimônios vivos e destaques da cena contemporânea vão atrair o público para os polos de animação do festival Incluindo a Praça Mestre Dominguinhos (antiga Esplanada Guadalajara), que continuará servindo de palco para atrações musicais que o Brasil inteiro admira, como Ana Carolina, Lenine, Pitty, Capital Inicial, Racionais MC’s, Moraes Moreira, Banda Calypso, Joana, Mundo Livre S/A Além de destaques da cena autoral pernambucana como as bandas Eddie, Orquestra Contemporânea de Olinda, Isaar e Voz Nagô, Lucas e Orquestra dos Prazeres, DJ Dolores, Bonsucesso Samba Clube, Mombojó, Herbert Lucena e Adiel Luna

Em mais uma edição, Garanhuns será tomada por uma igualmente rica programação diurna São espetáculos de circo, mostras literárias, de cinema e fotografia, apresentações de cultura popular, exposições de artesanato, artes visuais, design e moda, além de oficinas e debates culturais Tudo gratuito Tudo construído a partir de uma Convocatória Pública para a qual artistas de todo o país tiveram o oportunidade de enviar propostas

Homenagem – A escritora pernambucana Luzilá Gonçalves, natural de Garanhuns, é a homenageada do FIG este ano Luzilá vive no Recife desde os seis anos de idade, mas nutre até hoje tanto amor por Garanhuns que seu projeto atual é um romance sobre a fundação da cidade, através da história da índia Simoa Gomes, que doou um terreno central, que serviu para a construção da antiga igreja de Santo Antônio

Outra importante homenagem a Luzilá Gonçalves acontecerá na abertura do FIG, na quinta (16), às 19h, no Teatro Luiz Souto Dourado Nesta ocasião, o público prestigiará o show Porcelana, de Alaíde Costa e Gonzaga Leal, com a participação da atriz Ceronha Pontes, recitando textos de Luzilá

Participam do FIG 2015, artistas admirados em todo o Brasil como Ana Carolina, Mundo Livre, Pitty, Lenine, Racionais MC’s, Joana, Banda Calypso, A Cor do Som, David Moraes e Moraes Moreira, Mariana Aydar, Zezé Mota, Capital Inicial, entre outros Além de agradar a um público mais amplo e diversificado, as noites na Praça Mestre Dominguinhos terão muita personalidade É o caso da referência à cena paraense, na sexta-feira (17), quando a malemolência da Ska Maria Pastora abre para o projeto inédito de Fafá de Belém com seus conterrâneos Manoel e Felipe Cordeiro, com quem está gravando novo trabalho A noite será encerrada pela banda Calypso, que representa o que de mais pop a música paraense já produziu

O Palco Dominguinhos abre espaço ainda para noite romântica, forrozeira, de sambas e de mais música autoral pernambucana, com destaque ainda para Isaar e Voz Nagô, Lucas e Orquestra dos Prazeres, DJ Dolores, Bonsucesso Samba Clube, Mombojó, Herbert Lucena e Adiel Luna

Instrumental – Lugar para os que apreciam uma música mais fora do circuito comercial, o Instrumental, localizado no charmoso Pau Pombo, destaca-se este ano pelos projetos especiais, que reunirão instrumentistas que nunca tocaram juntos, o que, além de ser um presente para o público, promoverá importantes trocas entre os artistas É o caso do Frevotron, que irá juntar o maestro Spok, seu filho, o guitarrista Yuri Queiroga, e o DJ Dolores O projeto 3D também reunirá virtuoses numa mesma apresentação, igualmente inédita: Bráulio Araújo, Jeovah da Gaita e Renato Bandeira Até mesmo o maestro Duda vai encarar uma nova apresentação, associando-se a um quinteto, no show Pernambuco Sonoro

Literatura - Escritores contemplados com o II Prêmio Pernambuco de Literatura, além do escritor paulista Ricardo Lísias são atrações confirmadas na programação literária deste ano Projetos como o “A Gente da Palavra” (Secult-PE com participação dos poetas Joy Carlu, André Monteiro, Clécio Rimas e Wilson China) e “Cápsulas Sentimentais”, de Julya Vasconcelos, também prometem espalhar poesia por toda a cidade

Importante parceiro do festival, o SESC promove as exposições Um Itinerário Gráfico, de Beatriz Milhares, e Relicário: Memórias e Afetos, com o acervo de Josevaldo Araújo de Melo, ambas na Galeria Ronaldo White

Formação Cultural – Trinta ações formativas, entre oficinas e seminários, também chegam à Garanhuns com o Festival de Inverno Há opções de minicursos em diversas áreas culturais (música, dança, teatro, artes visuais, cultura popular, fotografia, artesanato etc) e também sobre elaboração de projetos do Funcultura, cultura digital e gestão cultural Este ano, para se inscrever em uma oficina, o interessado deve doar um livro utilizado, em bom estadoAt mesmo o maestro Duda vai encarar uma nova apresentao, associandose a um quinteto, no show Pernambuco Sonoro. A doação é voluntária, mas importante, pois vai contribuir com a ação Escambo de Livros Na sexta-feira, 17/7, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação, o FIG promove o seminário “MAIS CULTURA – Cultura, Arte, Democratização e Participação Popular na Educação”, voltado a professores da rede pública de ensino

Roda de Sanfona – Entre as atrações do palco da Cultura popular está o projeto Roda de Sanfona, da Prefeitura de Garanhuns O projeto homenageará o mestre Dominguinhos e reunirá sanfoneiros do agreste meridional Da cidade de Correntes estão vindo sanfoneiros como Clóves (Trio Asa Branca), José Pedro (Forró Pesado), Valmiro Sobral (Forró Fenix), Zuza (Pé Quente), Ivan Maceió, Zé Mago e Cícero Basílio De Brejão, vem Basto Peroba, e de Bom Conselho chegará Trio Posa na Fulô

Pontos de Cultura – O V Casarão dos Pontos de Cultura do FIG se consolida como espaço para troca de ideias sobre políticas culturais, formação e debate Além das oficinas e apresentações culturais, o Casarão promove este ano duas exposições: “Carnaval em Foco: Imaginário Coletivo”, do Ponto de Cultura Oscip Diálogos; e “Mestres da Memória”, do Ponto de Cultura Tecer O espaço funciona de 20 a 24/7, com visitação das 13h às 17h

Artesanato – Tradicional polo de comercialização de artesanato durante o FIG, o Pavilhão do Artesanato no Parque Euclides Dourado abre no sábado (19) e segue até 26/7 com trabalhados de mais de 20 artesãos do estado Arte sustentável, joias, esculturas, cerâmicas, peças indígenas, mamulengos e outras produções artesanais poderão ser apreciadas no espaço, sempre das 14h às 22h

Polo Castainho – A programação voltada para as comunidades tradicionais da região contempla, este ano, oficinas de percussão, dança afro, educação patrimonial, além de apresentações de coco, afoxé, espetáculos de circo, dança, teatro e mostras de cinema

Receba nosso boletim eletrônico Para se cadastrar, clique aqui

RUA DA AURORA, 463/469 – BOA VISTA – RECIFE-PE Telefone: +00 55 81 31843000